Ferramentas de design gráfico gratuitas

5 ferramentas de design gráfico que podes usar gratuitamente

A comunicação tende a ser cada vez mais visual. Por um lado, os consumidores estão mais saturados pelo excesso de informação. Por outro, são cada vez mais bombardeados por mensagens comerciais. E nesta profusão de estímulos, comunicar de forma visual é o melhor caminho. Mas, como comunicar visualmente quando não há possibilidade de contratar um profissional? Atualmente existem várias ferramentas de design gráfico direcionadas especialmente para não-designers. Uma espécie de faça-você-mesmo que pode facilitar a vida a alguns profissionais.  Neste artigo analisamos 5 dessas ferramentas.

Design gráfico feito por não-designers?

Mas quem sabe fazer comunicação visual? Quem são de facto os especialistas? A resposta é óbvia: os designers gráficos, os designers de comunicação, os diretores de arte.

Acontece que existe hoje uma série de profissões e atividades que exigem competências gráficas mesmo de quem não é designer gráfico. Uma startup tem que fazer grande parte dos seus materiais de comunicação e apresentá-los de forma profissional. Um gestor de marketing tem que fazer apresentações com impacto visual. Um community manager tem que fazer posts para as redes sociais, muitas vezes sem o apoio de um designer. Um blogger tem que ilustrar, ele próprio, os seus artigos.

Naturalmente, quando o orçamente o permite, devem ser contratados profissionais especializados nesta área. Mas nem sempre isso é possível, principalmente quando os meios financeiros são escaços. E quando isso é possível, estes profissionais ficam responsáveis por projetos de maior responsabilidade e alcance como a criação da identidade visual da empresa, o desenho do website, a criação de uma campanha publicitária exterior, etc.

Então o que fazer com os posts regulares para o Facebook? Como fazer a apresentação Power point para uma reunião? Como ilustrar o último artigo do blog?

Com o crescimento da internet, das redes sociais e da publicidade online, surgiram nos últimos anos ferramentas que facilitam a vida a estes profissionais que, no seu quotidiano, têm que criar peças visuais atrativas e eficazes.

Entre as muitas ferramentas que existem selecionamos 5 que nos parecem mais interessantes sob vários aspetos: facilidade, acessibilidade e disponibilização de recursos.

Vejamos então 5 ferramentas de design gráfico que podes usar gratuitamente.

Ferramentas de design gráfico de uso gratuito:

Canva

Esta é, provavelmente, a aplicação mais popular deste género. A versão disponível gratuitamente permite escolher entre diversos formatos: posts de redes sociais, publicidade online, flyers, posters, etc. No desenvolvimento de uma peça gráfica, é possível partir das sugestões que são oferecidas ou então criar, de raiz, um design original. A aplicação oferece imagens, fundos e outros recursos, mas é possível ter acesso a um número mais elevado de materiais optando pelo formato pago: 12,95 mensais. O canal youtube da marca está recheado de vídeos e conta com 17 mil seguidores.

Snappa

Esta aplicação está mais dirigida para o design de materiais a publicar online: posts e capas para redes sociais, banners e anúncios. Porém, dado que permite criar uma peça de raiz com as medidas desejadas, torna-se possível fazer qualquer tipo de trabalho. Ao nível das ferramentas e recursos, não fica atrás do caso anterior, com a vantagem de facilitar a criação com linhas auxiliares que vão marcando o espaço de trabalho. Um dos pontos débeis da versão gratuita é permitir fazer apenas 5 downloads por mês, o que limita imenso a sua utilização. A versão Pro tem um custo de 10$ por mês e a Team 20$ mensais.

Visme

“Speak Loudly. Speak Visually”. Este é a assinatura da Visme, uma aplicação de design gráfico que permite realizar materiais para redes sociais, banners e infografias. O processo de criação é fácil com um painel que identifica e separa todos os elementos no espaço de trabalho. Tal como em outras aplicações, são disponibilizadas algumas imagens, icons e fundos para começar a experimentar.  A versão gratuita apresenta, contudo, algumas limitações: só é possível realizar 3 projetos e fazer os downloads em formato JPEG, sem hipótese de escolha. A versão Standard tem um custo de 10$ e a versão Complete de 20$ por mês. O canal youtube destaca-se pela quantidade e qualidade de tutoriais em torno da aplicação.

Crello

Assumindo-se como “o editor de imagens on-line mais simples” esta aplicação não tem, de facto, um tarifário fixo. Porém, os materiais e recursos que disponibiliza são limitados, levando o utilizador a ter que comprar as imagens e icons mais interessantes. De qualquer modo, esta aplicação tem vários pontos positivos: uma série de layouts pré-preparados em diversos formatos (redes sociais, banners, posters), um conjunto de temas em diversos sectores (negócios, saúde, alimentos, etc.) a possibilidade de usar templates animados, e finalmente a opção de fazer download em diversos formatos (JPEG, PNG, PDF).

Desygner 

Não se distinguindo muito das opções anteriores, esta aplicação apresenta, contudo, uma maior diversidade de formatos, desde banners e emails, até materiais offline tais como convites, posters e flyers. A maior limitação da ferramenta em versão gratuita é não permitir desfazer o trabalho, com a utilização de um comando undo, obrigando o utilizador a refazer manualmente a opção anterior. A versão Premium custa 6,95$ por mês e a versão Business tem um custo de 19,00$ mensais. O website conta com um blog, com artigos sobre design gráfico e não só, mas o canal youtube é um dos menos desenvolvidos entre os casos que aqui analisámos.

 

Em síntese

Estas ferramentas de design gráfico têm uma aplicação limitada, principalmente quando utilizadas na sua versão gratuita. Podem ser úteis para pequenos trabalhos ou tarefas, como sejam criar um post ou uma capa para uma rede social, ou ilustrar um artigo de um blog, de forma simples e rápida. Mas revelam-se limitadas quando se trata de um projeto de maior envergadura, como criar uma campanha publicitária ou a identidade gráfica de uma marca.

Para os que procuram uma ferramenta mais próxima de uma aplicação profissional, e com um perfil bem diferente, sugerimos o inkscape: uma solução totalmente gratuita e com um conjunto de ferramentas que permitem ao utilizador moldar o trabalho mais de acordo com o seu critério. Porém, aqui não se disponibilizam templates pré-preparados, imagens, icons ou outros recursos que tendem a facilitar a vida aos utilizadores com maior dificuldade. De facto, a curva de aprendizagem é, aqui, necessariamente mais longa.

Finalmente, um conselho para os empresários que pretendem um trabalho especializado, criterioso e competente: a contratação de um profissional é sempre a melhor opção. E aquela que, a médio e longo prazo, dá melhores resultados.

 

 

Referências

Maxwell Cooke (2017). 6 Life-Changing Design Tools for Non-Designers. Enthusem, https://www.enthusem.com/blog/6-life-changing-design-tools-for-non-designers

Craftsposure (2017). 7 free design tools for non designers. Craftsposure, https://www.craftsposure.com/blog/design-tools-for-non-designers

Louise Meyers (2018). Best Design Tools for Non-Designers to Make Killer Visual, Louise Meyers Visual Social Media, https://louisem.com/6714/design-tools-for-non-designers#pro

2 Replies to “5 ferramentas de design gráfico que podes usar gratuitamente”

  1. Este blog é o exemplo de: excelência de conteúdo + design cuidado = comunicação diferenciadora. Parabéns aos autores.

Comments are closed.